Home   Empresa   Serviços   Oportunidades   Entre em Contato
A Empresa
Missão, Visão e Valores
Consultores Fundadores
Área de Atuação
Nosso Objetivo
Nosso Diferencial
Cadastre seu currículo
Oportunidades
Twitter
Facebook
Notícias
Artigos
Eventos
Labore na Mídia
 
Fale Conosco

Comportamento Organizacional

     Chamamos de comportamento organizacional, o comportamento humano no local de trabalho, a interação entre as pessoas e a organização em si. 

   O comportamento organizacional inclui componentes básicos como: motivação, liderança, comunicação interpessoal, aprendizado, processos de mudanças, estresse no trabalho, conflitos e planejamento do trabalho. 

   Os
executivos e donos de empresas bem-sucedidas já compreenderam há muito tempo a importância das habilidades interpessoais para a eficácia da gestão. 

  Podemos ainda dizer que comportamento organizacional é o estudo do funcionamento e estrutura das organizações, analisando o comportamento dos grupos ou equipes de trabalho e indivíduos, e é caracterizado como uma ciência interdisciplinar. A organização espera que o funcionário obedeça a sua autoridade e o empregado espera que a organização tenha atitudes corretas e justas com ele. Os sociólogos referem-se a isso como “norma de reciprocidade” e os psicólogos, “contrato psicológico”, que nada mais é do que um entendimento entre indivíduo e organização, indo além do contrato formal. 

  Nas últimas décadas, contudo, os estudantes da área começaram a perceber a importância do papel que o conhecimento sobre o comportamento humano nas organizações tem na eficácia da gestão, e cursos voltados para essa área foram sendo agregados ao currículo. 

  Por ser o comportamento organizacional um campo de estudos, ele foca três determinantes do comportamento nas organizações: indivíduos, grupos e estrutura.

  Devemos entender por estrutura organizacional o modo como as tarefas são formalmente distribuídas, agrupadas e coordenadas.  

  Por falar nessas outras áreas, vale citar a importância do psicólogo organizacional. Inicialmente, os psicólogos organizacionais estudavam os problemas de fadiga, falta de entusiasmo e outros fatores relevantes para as condições de trabalho que poderiam impedir um desempenho eficiente. Mais recentemente, sua contribuição se expandiu para incluir estudos sobre aprendizagem, percepção, personalidade, emoções, treinamento, eficácia de liderança, necessidades e forças motivacionais, satisfação com o trabalho, processos de tomadas de decisões, avaliação de desempenho, mensuração de atitudes, técnicas de seleção de pessoal, planejamento do trabalho e estresse profissional. 

  Podemos dizer então que o comportamento organizacional preocupa-se com o que as pessoas fazem nas organizações e como este comportamento afeta o resultado das empresas, ou seja, este comportamento está relacionado com as funções, trabalho, absenteísmo, rotatividade, produtividade, desempenho humano e administração. 

Ana Luiza Oliveira Bento é Coordenadora de Recrutamento e Seleção da Labore Consultoria e Treinamento

Atualizado em 08/10/2012
Sobre nós
Central do candidato
Redes Sociais
Publicações